1 setembro 2017

A cozinha é o carro-chefe do seu negócio e necessita estar em pleno funcionamento, com qualidade e alta produtividade, evitando ao máximo as perdas e problemas. Ao montar a equipe do seu restaurante, você deve ficar atento para, além de efetivar bons profissionais, treiná-los adequadamente para que executem suas funções da melhor forma.

Por ser um ambiente delicado, principalmente em função da manipulação direta dos alimentos e da presença de equipamentos que podem levar a sérios acidentes, o treinamento também reflete na imagem que seu estabelecimento passará para os clientes.

Confira os principais motivos pelos quais o treinamento para funcionários de restaurantes é imprescindível.

Previne contaminação

Funcionários bem treinados são capazes de manipular os alimentos da melhor forma para evitar a contaminação. A maioria dos mantimentos, independentemente do seu ramo, é perecível e/ou pode ter problemas caso não sejam bem armazenados ou o responsável não cuidar corretamente.

O resultado da falta de treinamento pode ser a perda de alimentos por estarem estragados, problemas com a vigilância sanitária ou colocar em risco a saúde e integridade física dos clientes. Tudo isso é extremamente prejudicial para seu negócio.

Evita o desperdício de alimentos

O treinamento para funcionários de restaurantes ensina como receber e armazenar adequadamente os insumos, evitando o perecimento dos alimentos, uma das principais causas de desperdício nas cozinhas. Por isso a importância de se preocupar com a segurança alimentar.

Além disso, a equipe aprende a padronizar receitas, utilizando medidas adequadas, bem como os cortes e preparos mais indicados para cada caso, permitindo o melhor aproveitamento dos ingredientes, sem perdas de partes essenciais.

Mantém a higiene

A higiene é fundamental para um bom ambiente de trabalho, além de garantir segurança e qualidade. É muito importante que os colaboradores saibam manter a limpeza do local em dia.

Ademais, a vigilância sanitária pode fazer inspeções surpresas e, em caso de irregularidades, corre-se o risco de fechamento do restaurante.

Manter a higiene também é essencial para a imagem do seu negócio, já que todo estabelecimento deve permitir a visitação da cozinha pelos seus clientes. Se alguém perceber qualquer tipo de problema, há grandes chances de você perder público, pois a informação não ficará só com ele.

Previne acidentes

No treinamento, os funcionários aprendem a lidar com os equipamentos da cozinha da forma adequada, assim como a segurança no manuseio de comidas e bebidas.

Esse ambiente é repleto de ferramentas perfurocortantes, que quando manipuladas equivocadamente, podem causar sérios acidentes. Outro fator de risco são os materiais inflamáveis e as fontes de calor.

Por isso, a importância de saber lidar com o maquinário, utensílios e ingredientes de maneira correta, a fim de minimizar os riscos e danos severos.

Padroniza ações em casos de emergência

Mesmo com todos os cuidados, podem acontecer situações inesperadas de emergência, como ferimentos, incêndios, falta de energia elétrica, assaltos, desabamentos parciais, entre outros. Para evitar pânico e atitudes que possam colocar as pessoas em risco, o treinamento ensina o que deve e, principalmente, o que não deve ser feito em cada uma das situações. Em caso de problemas, toda a equipe saberá como agir com segurança.

Todos esses pontos são comuns nas rotinas de uma cozinha e, por isso, é importante que seus colaboradores estejam preparados.

Agora que você sabe qual é a importância do treinamento para funcionários de restaurantes, é hora de assinar nossa newsletter para receber em seu e-mail mais informações que irão ajudar na gestão do seu estabelecimento.

h

Guilherme Ribeiro

Especialista em Internet das Coisas para Varejo