27 outubro 2017

Sabemos que administrar um bar ou um restaurante envolve muitos desafios diários e está longe de ser uma tarefa fácil. A atenção aos detalhes e à qualidade dos ingredientes faz toda a diferença tanto para o restaurante quanto para o freguês.

A boa notícia é que os funcionários do restaurante não estão sozinhos nessa missão e podem contar, sempre que necessário, com o auxílio da tecnologia. É o que acontece, por exemplo, quando precisam gerir seu estoque e armazenar produtos delicados sob condições especiais.

Com isso em mente, vamos falar neste post sobre a importância de se manter o controle da umidade do ar dentro e fora da cozinha, como isso pode ser feito por meio dos sensores de umidade e quais são as vantagens do monitoramento. Confira a seguir!

O que é um sensor de umidade?

O higrômetro, ou sensor de umidade, é um equipamento capaz mensurar e exibir em um display a umidade relativa do ar. Ele pode ser utilizado tanto ao ar livre como também em ambientes fechados. Trata-se de um instrumento muito utilizado em farmácias, laboratórios, restaurantes, almoxarifados e estufas, entre outros ambientes.

Por que o uso do sensor é importante?

Medir a umidade do ar, evidentemente, tem uma importância muito maior do que meramente satisfazer nossa curiosidade. É um equipamento de primeira necessidade para bares, restaurantes, farmácias e qualquer outro tipo de estabelecimento que armazene ou manipule produtos delicados e sensíveis à umidade.

Além de evitar prejuízos com o descarte de produtos estragados pelo excesso de umidade ou ressecados pela falta dela, o sensor também contribui para que a empresa mantenha as suas operações dentro da lei, evitando que o estabelecimento seja autuado pelas autoridades de fiscalização e tenha que arcar com o pagamento de pesadas multas.

Por fim, não poderíamos deixar de mencionar a importância do compromisso com a qualidade do produto colocado à disposição do cliente, elemento fundamental para a reputação do negócio.

Imagine, por exemplo, um restaurante que trabalhe com cogumelos, produtos extremamente delicados e sensíveis à umidade. Como poderemos assegurar a qualidade do prato sem sabermos se o ingrediente está sendo armazenado de forma correta?

Quais são as vantagens e facilidades oferecidas pelos modernos sensores de umidade?

Entre as principais vantagens de se trabalhar com um higrômetro, podemos citar o baixo custo e a instalação plug and play (conecte e use), que pode ser feita por qualquer um, sem a necessidade de um técnico.

O equipamento é portátil e possui um tempo de resposta bastante baixo: em apenas alguns segundos, já é capaz de indicar a temperatura relativa do ar. Além disso, o equipamento é de fácil utilização e não exige investimentos na capacitação de funcionários.

Qual é a diferença entre um sensor digital e um analógico?

Existem dois tipos de sensores disponíveis no mercado, e a diferença básica entre eles é que o analógico é feito a partir de um invólucro de vidro ou cerâmica que abriga um polímero responsável por reter e liberar água, a depender das condições. Esse polímero é ligado à placa do circuito elétrico por um capacitor que altera a sua carga de acordo com a quantidade de água presente no material.

O aparelho digital, por sua vez, geralmente é formado por dois microssensores perfeitamente calibrados, e os dados são convertidos para o formato digital por meio de um chip localizado dentro do próprio circuito.

Interessante e muito útil, não é mesmo? Gostou de saber mais sobre os sensores de umidade? Que tal então assinar nossa newsletter e receber mais conteúdos como este em primeira mão?

h

Lucas Almeida

Co-Fundador, Diretor de Marketing e Vendas

Engenheiro pela Poli-USP e especializado em Marketing e Administração pela ULV/CA.
Aqui na Nexxto minha missão é ajudar empresas a se tornarem mais eficientes e competitivas por meio da transformação digital.